sexta-feira, 27 de junho de 2014

AMAZÔNIA, GIGANTES DO SAMBA, CINEFOOT

Saiu isso aí hoje no Guia Show e Lazer do O Dia.

Se você deparar com o filme Amazônia, produção franco-brasileira que acaba de entrar em cartaz nos cinemas, não perca. É um bom programa para você levar seu filho (a). Corre só o risco de você ter que aturar a criançada pedindo um macaco-prego (isso mesmo, um macaco-prego) de presente, como bichinho de estimação.

O filme fala das aventuras de um macaco-prego chamado Castanha, que vive na cidade grande, é enviado de avião para um circo e, após um acidente, cai na Amazônia. Lá, ele tem que aprender depressinha a viver em seu habitat natural - mesmo não tendo muitas lembranças de como era morar na floresta.

Amazônia está sendo exibido em 3D e tem imagens belíssimas da floresta, bem legais para crianças e para adultos. A dublagem de Lucio Mauro Filho é bem simpática e torna o bichinho ainda mais carismático do que ele já é. E por ser um filme metade produzido no Brasil, metade na França, aproveita muito da experiência dos documentaristas europeus com filmes "de natureza".

Falei também sobre a tour do festival Cinefoot, que vem para o Rio neste fim de semana. E bati um papo com Alexandre Pires, do Só Pra Contrariar, e Luís Carlos, do Raça Negra, sobre a turnê conjunta das duas bandas, que passa hoje e amanhã pelo Rio.




Nenhum comentário:

Postar um comentário