segunda-feira, 15 de setembro de 2014

CONCURSO DE MARCHINHAS - FUNDIÇÃO PROGRESSO

Papo rápido com Perfeito Fortura sobre o Concurso de Marchinhas da Fundição Progresso. Inscrições começaram ontem - e ontem saiu essa matéria aí no O Dia.

PROTESTO DOMINA TEMAS DO CONCURSO DAS MARCHINHAS
Inscrições começam hoje pela internet
Publicado em O Dia em 14 de setembro de 2014

Em outros tempos, no período conhecido como Estado Novo (1937-1945), o deboche das marchinhas de Carnaval incomodou muito o poder. “E não duvide: elas ainda incomodam!”, exclama Perfeito Fortuna, presidente da Fundição Progresso e criador do Concurso Nacional de Marchinhas Carnavalescas — Prêmio Cidade Maravilhosa, cuja décima edição abre inscrições hoje, apenas pelo site www.concursodemarchinhas.com.br. O prazo vai até 9 de outubro. E o baile da finalíssima será no dia 1º de fevereiro, na própria Fundição.

Perfeito sabe do que fala: no começo de 2014, a marchinha campeã do concurso, Cadê a viga?, fez um protesto bem-humorado sobre o sumiço de seis vigas de sustentação do elevado da Perimetral. Cássio e Rita Tucunduva, autores da música, foram convidados a visitar o prefeito, bateram foto com o governante... e voltaram sem saber onde estavam as vigas. “E vamos continuar cantando, enquanto a resposta não chega! Agora, já recebemos marchinhas falando do uso da burca, da guerra em tempos de Saddam Hussein, sobre homofobia, religião”, enumera.

Afinado com uma tradição carioca, o concurso homenageia o próprio Rio em sua edição 2015. “São dez anos do concurso de marchinhas, 450 anos de aniversário do Rio e 80 anos da gravação original da marchinha Cidade maravilhosa. Não podíamos perder a oportunidade de homenagear essa conjuntura astral!”, brinca Perfeito, que, em outras ocasiões, reverenciou nomes como Emilinha Borba e João Roberto Kelly.

Por outro lado, pela primeira vez uma música de cada região brasileira será classificada para as dez finalistas. E Perfeito nota que cada estado do país traz sua cara própria para a competição. “As marchinhas do Nordeste são mais frevadas e as do Sul são mais ranchescas. Ainda assim, a região Sudeste é a maior participante, com 80% das inscrições. Só o estado do Rio tem quase 60% da fatia 
total”, calcula.

O concurso, lembra Perfeito, começou na brincadeira. “E a maior surpresa disso é ver que chegamos aos dez anos”, conta. O agitador cultural, que está no elenco da série Felizes para sempre (prevista para estrear na Globo em janeiro), revela que nem todas as surpresas são agradáveis. “Muitos mandam e-mails ameaçadores porque não tiveram suas marchinhas classificadas. O bom disso é que a equipe se diverte respondendo a essas mensagens”, revela.

Nenhum comentário:

Postar um comentário