quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

TITO MADI

Passamos, eu e a fotógrafa Maíra Coelho, do O Dia, uma manhã bastante agradável na casa de uma das lendas vivas da música popular brasileira. Tito Madi recebeu a gente lá para um papo, conversou por uma hora (era o tempo que tínhamos, entre uma pauta e outra) sobre um pouco do que viu e ouviu da vida e depois ainda convidou a gente para um lanche árabe, com esfihas, quibes, pastinha de grão-de-bico, etc. 

Tito está lançando um disco gravado ao lado do pianista Gilson Peranzzetta (conhecido pelas suas colaborações com Ivan Lins). Foi gravado em 2008, antes de ele ter um acidente vascular cerebral, e ficou deixado guardado. Hoje ele está subindo ao palco para o primeiro show em vários anos, na Sala Baden Powell, em Copacabana. Ainda esse ano, deve chegar às livrarias uma biografia dele, escrita pelo amigo jornalista George Patiño - estou tentando convencê-lo a produzir, de leve, mais um show do Tito, que sobe ao palco sempre cercado de convidados (ele não pode cantar muito, por causa das limitações impostas pelo AVC).

Curta a matéria que fiz para O Dia (com a foto da Maíra) aí do lado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário