sexta-feira, 9 de outubro de 2015

A BIOGRAFIA DE LUAN SANTANA

Não faço a mínima ideia de quem seja Ricardo Marques. 


Perguntei a vários amigos meus e todos dizem que não sabem quem ele é, e tem gente que acha que é pseudônimo de alguém. Em todo caso, ele acaba de escrever a biografia não-autorizada do sertanejo Luan Santana, lançada pela Record e (detalhe) não vai dar entrevistas. Ao que parece, é um jornalista que, apesar de ter conseguido apurar vários detalhes sobre a vida do sertanejo e de estar lançando o primeiro livro sobre ele, é tímido e não gosta de exposição pessoal. Estranho.

O projeto começou, na verdade, autorizado pelas mãos do ex-empresário do cantor, Anderson Ricardo. Anderson, como se sabe, já não está mais na equipe de Luan há alguns anos. O livro foi abandonado na época, mas  foi retomado pelo autor há pouco e oferecido para a Record. Ricardo tratou de reescrever e atualizar todo o material.

Apesar de ser uma bio não-autorizada, quem quiser mais detalhes sobre casos escabrosos, histórias de bastidores e coisas parecidas, nem deve pensar em levar o livro para casa. Por lá, descobre-se que Luan quase foi sequestrado por "empresários" paraguaios e que o cantor e sua equipe costumam usar um dialeto bizarro inventado por eles mesmos para se comunicar na estrada. A biografia reconhece como namorada apenas a mesma Jade Magalhães de sempre - com quem o cantor por sinal acaba de reatar. Casos aventados pela mídia, como os que teria tido com modelos e ex-BBBs, sequer são citados como boatos.

Enquanto você pensa sobre qual a vantagem de haver uma biografia não-autorizada tão chapa branca, e sobre quem diabos é esse tal de Ricardo Marques, leia aí a matéria que escrevi para o jornal O Dia a respeito do livro.







Nenhum comentário:

Postar um comentário