quinta-feira, 12 de maio de 2016

E THE FARM, HEIN?

Muita informação ao mesmo tempo, mas vamos lá.


1) (pra quem nasceu depois de 1990) Existia uma banda chamada The Farm, lá de Liverpool.


2) (idem) Eles tiveram um grande hit em 1991, All together now. Fez muito, mas muito sucesso. Na MTV, aqui no Brasil, passava o clipe toda hora (veja aqui o clipe). O disco que tinha essa música, Spartacus, saiu aqui.

3) A banda ainda existe. Bom, na real existiram de 1983 a 1996, e voltaram em 2004. De 2004 para cá, já saíram um DVD e um CD ao vivo, além de alguns singles (que são - adivinhe só - remixes ou releituras de All together now).

4) "Pera, os caras ficaram de 1983 a 1991 sem um único hit?". Sim, e olha que tentaram bastante. Nos anos 80, abriram shows dos Housemartins (aqueles, da "melô do papel" Build) e tiveram um single produzido por Graham "Suggs" McPherson, vocalista do Madness. Ambas bandas eram bastante populares na década de 80.

5) Há alguns dias, o guitarrista do grupo, Keith Mullin, foi atacado por uma mulher quando passeava com o cachorro em New Brighton. A tal mulher portava um martelo e, segundo a polícia, causou uma "leve laceração na cabeça" do músico (o Farm já postou em sua página do Facebook que Mullin passa bem).

6) "Pô, eles só tiveram um hit?". Não, Groovy train e Don't let me down também tocaram bastante. A primeira foi hit até alguns meses antes de All together now.

7) "E eu com o The Farm a essa altura do campeonato?". A banda planejou uma turnê sul americana e toca no Clash Club, em São Paulo, no dia 31 de maio. Olha só o pôster da tour nova lá em cima. Há dois dias, divulgaram que o show seria em Buenos Aires, mas a data caiu e a banda vem pra cá.

Nenhum comentário:

Postar um comentário